• Flavio Moreira

Medo da morte, o que sabemos e seus mistérios

Como aprendizes do jardim de infância da vida, ainda sabemos pouco sobre o que acontece após a morte, mas seu significado profundo pode ser buscado.



Imagem de Geralt via Pixabay



Eu tinha apenas seis anos quando ele se foi. Meu avô era uma presença forte nos poucos anos em que tive a oportunidade de estar com ele.


Eu ainda guardo algumas lembranças de conversas, brincadeiras e momentos especiais com ele. Mesmo sendo muito criança, a morte dele foi algo que mexeu bastante comigo.


Meu avô me buscava na escola, dava carona para uma coleguinha, fazia macarrão (meu prato preferido), colocava Beatles e Michael Jackson para eu ouvir. De repente, ele não estava mais ali.


O destino do meu avô após a sua morte me foi entregue de forma bastante lúdica: ele agora estava no céu. Está melhor que todos nós.


Nascido em uma família com tradições católicas, eu cresci ouvindo sobre os caminhos que podem conduzir aos céus quando a vida é bem vivida nos conceitos do catolicismo. Ouvi também sobre o que leva aos caminhos do inferno, segundo essa religião.


Durante muito tempo eu ouvi, aceitei e acreditei em tudo isso.


Os anos foram passando, e aos poucos, esses e outros conceitos foram naturalmente deixando de fazer sentido para mim. Fui abrindo a consciência para buscar o conhecimento em diferentes áreas.


Hoje, percebo que os mistérios sobre a morte e a história contada em torno dela por muitas religiões criou uma forma de relação com temor entre homem e a morte.


Muitos de nós não a encaramos com naturalidade, alguns têm medo de falar sobre o assunto, acham que dá azar, em determinados casos a enxergam como castigo ou injustiça.


Muitas pessoas deixam de viver suas verdades porque no fundo têm medo da morte.


Eu passei a entender a morte como uma passagem de fase. Ela não significa para mim o fim da vida. Ela significa um começo de nova fase com ainda mais vida e mais coisas para aprender, superar e fazer.

Para mim ela é um passaporte para ainda mais liberdade e mais conhecimento.


No Vem Cmg dessa semana eu te convido a entender, comigo, o que venho descobrindo por meio dos meus estudos sobre esse tema. Quem sabe não te ajuda a minimizar esse medo?


Para mim, buscar sempre a verdade me ajuda a me tornar uma pessoa melhor. Ser uma pessoa melhor, contribui para que eu seja um empreendedor melhor. Por isso, acredito que faz total sentido cada vez mais fazermos esse mergulho para dentro de nós mesmos.


Assista o programa no vídeo abaixo ou ouça no topo deste post.

Se você quer sair da CLT ou do emprego público para empreender, mas tem a sensação de estar frustrada(o), com medo do futuro e se sente perdida(o) por uma falta de direção e objetivos quanto a sua carreira, eu posso te ajudar. Eu sou Flavio Moreira, especialista em perguntas, e ajudo pessoas a desenvolveram a inteligência emocional para ter clareza e servir com significado. Você pode entrar em contato pelo meu endereço de e-mail, que está nas informações de rodapé aqui no site, ou demais redes sociais de contato. Será um prazer atuar como um facilitador na sua jornada! Fale comigo se você acredita que posso te ajudar!


Conheça o meu programa de desenvolvimento pessoal, Do Íntimo ao Compartilhado

0 visualização0 comentário