• Flavio Moreira

Você sente a necessidade de controlar?

Por que tantas pessoas precisam se sentir no controle daquilo que elas não podem controlar?


Imagem de Geralt via Pixabay



Quando eu era criança havia um desenho chamado Pinky & O Cérebro (se você foi uma criança nos anos 90 é bem provável que saiba do que estou falando). Os personagens eram dois ratinhos, onde um deles era o líder da dupla e que era obcecado pela ideia de dominar o mundo.


Enquanto pensava na imagem que acompanharia essa publicação, encontrei exatamente essa ai de um homem com um tablet na mão e uma espécie de holograma dos continentes passando por ele. Logo, lembrei do desenho Pinky & O Cérebro.


Nessa animação, o personagem Cérebro (o ratinho líder) sempre tinha ideias mirabolantes para conquistar o planeta, mas por mais elaboradas e incríveis que elas fossem, ao fim de todos os episódios, ele nunca conseguia atingir o seu objetivo.


Os programas eram sempre, ou quase sempre, encerrados com a fala do Cérebro dizendo que ele faria um novo plano para controlar a Terra. Ou seja, tratava-se de um rato bastante resiliente, ou pelo menos que esboçava essa competência, embora seja questionável até que ponto isso era resiliência ou insistência ignorante.


Existem pessoas que sofrem bastante com essa insistência em algo que não dá certo. E esse "não dar certo"é querer controlar aquilo que as mãos delas não conseguem alcançar. E que coisas são essas?


Os exemplos são diversos. Vão desde necessidade de dominar como alguém deve agir e o que fazer até os pensamentos dos outros. Sobre como alguns acontecimentos devem acontecer, mesmo que não seja da alçada delas interferir em certas situações.


Essas pessoas sempre estão com a necessidade controlar o incontrolável. No fundo, elas estão inseguras e com medo. Podem ter passado por episódios de dor e não souberam ressignificar os acontecimentos do passado. Acabam vendo no controle, uma maneira de fazer diferente, mas nunca conseguem que 100% das coisas fiquem do jeito que elas querem.


Mas afinal, o que está e o que não está nas suas mãos?


É sobre isso que quero refletir com você nesse podcast (que você pode ouvir no topo desse post) ou no vídeo que você pode assistir logo abaixo.



Se você tem de 25 à 39 anos e tem a sensação de estar frustrada(o), com medo do futuro e se sente perdida(o) por uma falta de direção e objetivos quanto a sua carreira ou vida pessoal, eu posso te ajudar. Eu sou Flavio Moreira e ajudo jovens adultos a desenvolveram a inteligência emocional para obter clareza de seus objetivos e atingir metas pessoais ou profissionais. Você pode entrar em contato pelo meu endereço de e-mail que está nas informações de rodapé aqui no site ou demais redes sociais de contato. Será um prazer atuar como um facilitador na sua jornada! Fale comigo se você acredita que posso te ajudar!


Conheça o meu programa de desenvolvimento pessoal, Do Íntimo ao Compartilhado


Conheça e ouça os meus podcasts, Vem Cmg e Vem Cmg Expresso:

Ouça no Spotify

Ouça no deezer

Ouça em Apple Podcasts

Ouça no Google Podcasts

Ouça no CastBox

Conheça o meu canal no YouTube:

Vem Cmg no YouTube

0 visualização0 comentário